Alianças em Ouro e Prata em Itacaré / Bahia

Uma joia única para você de Itacaré / Bahia

https://www.eternajoia.com.br/aliancas-em-ouro-e-prata-em-itacare-ba

A Eterna Joia, confecciona Alianças em Ouro e Prata e existe para realizar o sonho de todos os casais apaixonados e entregamos as suas alianças aí em Itacaré - Bahia. Para quem está namorando ou pretende ficar noivo ou se casar em breve, vai precisar da Alianças em Ouro e Prata perfeita e aqui na Eterna Joia você irá encontrar a aliança ideal desde um modelo mais básico ao mais sofisticado!

A Eterna Joia é especializada em fabricação de alianças de vários modelos em ouro ou prata, você escolhe é nós fabricamos. São anos fabricando Alianças em Ouro e Prata. Todas as nossas Alianças apresentam um alto padrão de qualidade e serão entregues em Itacaré - Bahia com todo o cuidado, carinho e segurança. São mais de 1.000 modelos desde um design básico à peças de Luxo. Todas as alianças segue com um certificado de autenticidade e garantia de fabricação que garante 100% a qualidade da joia. Nossa qualidade começa na fabricação, se estende ao atendimento até a entrega em sua cidade Itacaré - Bahia. Oferecemos entrega por PAC ou Sedex com Seguro para todo o Brasil.Todas as nossas peças são fabricadas em até 6 dias úteis após a confirmação do pagamento. A Eterna Joia, confecciona as mais lindas Alianças em Ouro e Prata. Todos as alianças fabricadas pela Eterna Joia Alianças em Ouro e Prata possuem o Certificado de Garantia Permanente sobre a autenticidade do ouro 18k 750 ou da prata 925 e das pedras. O certificado cobre qualquer defeito de fabricação. A Eterna Joia possui sua sede na cidade de Franca-SP interior de SP, todos os nossos modelos de alianças estão a venda exclusivamente pela internet, todos os modelos são fabricados sob medida para cada tamanho. Entregamos nossas Alianças em sua cidade Itacaré - Bahia ou em qualquer CIDADE e ESTADO do BRASIL com total segurança e rapidez e você receberá sua joia em seu endereço com total segurança.

Conheça um pouco mais sobre  Itacaré Bahia:

Gentílico: itacareense

Histórico

Itacaré Bahia - BA
Histórico
A cidade de Itacaré teve origem numa aldeia de índios, onde o insigne padre jesuíta, Luís da Grã, erigiu uma capela sob a invocação de São Miguel, batizando a povoação com
o topônimo São Miguel da Barra do Rio das Contas. Em 1718, o arcebispo primaz, Dom Sebastião Monteiro da Vide, elevou aquela capela à categoria de freguesia, com a mesma denominação.
Em 1732, a povoação de São Miguel da Barra do Rio das Contas foi elevada à categoria de vila e a município, em 27 de janeiro, por ordem de D. Ana Maria Ataíde e Castro, condessa de Resende e donatária da capitania de Ilhéus, à qual pertenciam as terras de Itacaré.
Gentílico: itacareense

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Barra do Rio de Contas, em 1718.
Elevada à categoria de vila com a denominação de Barra do Rio de Contas, em 27­01-1732. Sede na antiga povoação de Barra do Rio de Contas.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município aparece constituído de 2 distritos: Barra do Rio de Contas e Faisqueira.
Pelos decretos estaduais nºs 7455, de 23-06-1931 e 7479, de 08-07-1931, transfere a sede de Barra do Rio de Contas para a povoação de Itapira, tomando esta denominação.
Pelo decreto estadual nº 7850, de 16-12-1931, a sede do município do distrito de Itapira para o de Itacaré.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 2 distritos: Itacaré e Catulé. Não figurando o distrito de Faisqueira.
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 3 distritos: Itacaré, Coronel Soares e São Miguel. Não figurando o distrito de Catulé.
Pelo decreto estadual nº 11089, de 30-11-1938, o distrito de São Miguel passou a denominar-se Itaipava e o de Coronel Soares a denominar-se Poço Central.
Pelo decreto-lei estadual nº 141, de 31-12-1943, confirmado pelo decreto-lei estadual nº 12.978, o distrito de Itaipava passou a denominar-se Poiri.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 3 distritos: Itacaré, Itaipava e Poço Central.
Em divisão territorial datada 1-VII-1950, o município é constituído de 3 distritos: Itacaré, Poço Central e Poiri ex-Itaipava.
Pela lei estadual nº 628, de 301-2-1953, é criado o distrito de Lage do Banco ex­povoado, criado com terras desmembrada do distrito de Poiri e anexado ao município de Itacaré. Sob o mesma lei é criado o distrito de Taboquinhas ex-povoado e anexado ao município de Itacaré.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 5 distritos: Itacaré, Laje do Banco, Poço Central, Poiri e Taboquinhas
Assim permanecendo em divisão territorial datada de I-VII-1960.
Pela lei estadual nº 1579, de 15-12-1961, desmembra do município de Itacaré os distritos de Poiri, Laje do Branco e Poço Central, para formar o novo município com a denominação de Aurelino Leal ex-Poiri.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 2 distritos: Itacaré e Taboquinhas.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.