Alianças em Ouro e Prata em Bom Jardim / Pernambuco

Uma joia única para você de Bom Jardim / Pernambuco

https://www.eternajoia.com.br/aliancas-em-ouro-e-prata-em-bom-jardim-pe

A Eterna Joia, confecciona Alianças em Ouro e Prata e existe para realizar o sonho de todos os casais apaixonados e entregamos as suas alianças aí em Bom Jardim - Pernambuco. Para quem está namorando ou pretende ficar noivo ou se casar em breve, vai precisar da Alianças em Ouro e Prata perfeita e aqui na Eterna Joia você irá encontrar a aliança ideal desde um modelo mais básico ao mais sofisticado!

A Eterna Joia é especializada em fabricação de alianças de vários modelos em ouro ou prata, você escolhe é nós fabricamos. São anos fabricando Alianças em Ouro e Prata. Todas as nossas Alianças apresentam um alto padrão de qualidade e serão entregues em Bom Jardim - Pernambuco com todo o cuidado, carinho e segurança. São mais de 1.000 modelos desde um design básico à peças de Luxo. Todas as alianças segue com um certificado de autenticidade e garantia de fabricação que garante 100% a qualidade da joia. Nossa qualidade começa na fabricação, se estende ao atendimento até a entrega em sua cidade Bom Jardim - Pernambuco. Oferecemos entrega por PAC ou Sedex com Seguro para todo o Brasil.Todas as nossas peças são fabricadas em até 6 dias úteis após a confirmação do pagamento. A Eterna Joia, confecciona as mais lindas Alianças em Ouro e Prata. Todos as alianças fabricadas pela Eterna Joia Alianças em Ouro e Prata possuem o Certificado de Garantia Permanente sobre a autenticidade do ouro 18k 750 ou da prata 925 e das pedras. O certificado cobre qualquer defeito de fabricação. A Eterna Joia possui sua sede na cidade de Franca-SP interior de SP, todos os nossos modelos de alianças estão a venda exclusivamente pela internet, todos os modelos são fabricados sob medida para cada tamanho. Entregamos nossas Alianças em sua cidade Bom Jardim - Pernambuco ou em qualquer CIDADE e ESTADO do BRASIL com total segurança e rapidez e você receberá sua joia em seu endereço com total segurança.

Conheça um pouco mais sobre  Bom Jardim Pernambuco:

Gentílico: bom-jardinense

Histórico

Bom Jardim

Pernambuco - PE

Histórico
Envolta em poética lenda está a fundação de Bom Jardim. Conta-se que, no início do século XVIII, a rico fazendeiro pertenciam as terras em que hoje se localiza
o Município. A fim de dar assistência religiosa aos moradores locais, seu proprietário contratou um capelão, que edificou sua morada numa elevação, rodeada de frondosas árvores, entre as quais se destacavam os paus-d'arco, pela beleza do colorido das flôres.
Um riacho circundava a floresta. Diariamente, ao nascer do sol, o velho cura
orava e se extasiava com a beleza do sítio que sua vista dominava. Era um jardim
majestoso, que até árvores de ouro ostentava, tal a impressão que Ihe davam as flôres
amarelas dos paus-d'arco, banhadas pelos raios de sol. Certa vez exclamou: "Bom
Jardim, sim é um bom jardim! De hoje em diante, este curato se chamara Bom
Jardim".
Desde que foi erigida a Capela, em homenagem a Nossa Senhora Santana, o
povoado começou a crescer, habitado por mercadores de algodão do sertão da
Paraíba. O arruamento aumentou depressa, com o movimento dos tropeiros que iam
buscar aquele produto em Campina Grande, para beneficiá-lo no Recife.
Em 1876, os missionários capuchinhos construíram a bela Igreja Matriz, emestilo toscano. Dezessete anos depois, foi eleito o primeiro prefeito republicano. A luz elétrica foi inaugurada em 1923.
Gentílico: bom-jardinense

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Bom Jardim criado, em 1757 e por
Alvará de 16-08-1800, subordinado ao município de Limoeiro.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Bom Jardim, pela lei
provincial nº 922, de 19-05-1870, desmembrado de Limoeiro. Sede na vila de Bom
Jardim. Constituído do distrito sede. Instalado em 19-07-1871.
Elevado à categoria de cidade, Por força da lei provincial nº 1327, de 04-02
1879.
Pela lei municipal nº 3, de 27-04-1893, é criado o distrito de Surubim e anexado ao município de Bom Jardim. Pela lei estadual nº 991, de 01-07-1909, desmembra do município de Bom Jardim o distrito de Surubim. Elevado à categoria de município. Em divisão administrativa referente ao de 1911, o município é constituído do distrito sede. Pelo ato municipal de 27-03-1931, é criado o distrito de João Alfredo e anexado ao município de Bom Jardim
Em divisão administrativa referente ao de 1933, o município é constituído de 2 distritos: Bom Jardim e João Alfredo.
Pela lei estadual nº 23, de 10-10-1935, desmembra do município de Bom Jardim
o distrito de João Alfredo. Elevado à categoria de município. Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 4 distritos: Bom Jardim, Bizarra, Machados e São Paulo. Pelo decreto-lei estadual nº 235, de 09-12-1938, o distrito de São Paulo foi extinto, sendo seu território anexado ao distrito sede de Bom Jardim. Pelo decreto-lei estadual nº 92, de 31-03-1938, o município de Bom Jardim a adquiriu do município de Limoeiro o distrito de Cedro. Pelo decreto-lei nº 952, de 31-12-1943, o distrito de Cedro passou a denominar-se Urucubá. No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 4 distritos: Bom Jardim, Bizarra, Machados e Urucubá ex-Cedro. Pelo decreto-lei estadual nº 1117, de 14-02-1945, transfere o distrito de Urucubá do município de Bom Jardim para o de Limoeiro. Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 3 distritos: Bom Jardim, Bizarra, Machados. Pela lei municipal n.° 2, de 29-12-1953, é criado o distrito de Tamboatá e anexado ao município de Bom Jardim. Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 4 distritos: Bom Jardim, Bizarra, Machados e Tamboatá. Assim permanecendo em divisão territorial datada de I-VII-1960. Pela lei estadual nº 4994, de 20-12-1963, desmembra do município de Bom Jardim o distrito de Machados. Elevado à categoria de município Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 3
distritos: Bom Jardim, Bizarra e Tamboatá. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.